saude2
A Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite começou neste sábado, 15 de agosto e vai até 31 em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 100 mil postos de vacinação funcionaram neste sábado, “Dia D” da campanha.

No Município de Areal, foram vacinadas  318 crianças no posto central. Ainda não temos o resultado final que era de atender 649 crianças, afirma Márcia, Coordenadora de Imunização.

A vacinação contra poliomielite funciona da seguinte forma: aos 2 e aos 4 meses de idade, os bebês devem tomar a vacina inativada de poliomielite (VIP), que é injetável. E aos 6 meses, 15 meses e 4 anos, devem tomar a vacina oral de poliomielite (VOP), que é a gotinha distribuída durante a campanha.

Por determinação da Secretaria de Estado de Saúde, o dia D da Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo (que aconteceria no dia 22) será realizado no próximo sábado (29), das 08h às 17h, no Posto da Barateza. Devido ao feriado, a mudança na data foi necessária para que a meta estipulada de crianças vacinadas seja atingida. Em Areal, a equipe da secretaria de Saúde realizará ainda vacinações extras nos bairros distantes do centro da cidade.

Hoje (25), a vacinação acontece nos postos de saúde e através de um carro que se deslocará pelos bairros Boa Esperança, São Lourenço, Vila Dantas e Cachoeirinha. Na quinta-feira (27) é a vez dos bairros Morro Grande, Goiabal e São Pedro. Pais e responsáveis devem estar cientes de que a campanha tem como público-alvo crianças de 6 meses a menores de 5 anos, ou seja, 4 anos, 11 meses e 29 dias. É necessária a apresentação do cartão de vacinação.

Vale lembrar que a poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção acontece, principalmente, por via oral.
Já o sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade da doença, principalmente em crianças desnutridas. A única forma de prevenção é a vacina.

1013842_804328439606572_5562874792765064553_n
Nesta quinta-feira (13), a partir das 9h, a equipe de saúde do município de Areal estará nos bairros Boa Esperança, Vila Dantas, Cachoeirinha e São Lourenço realizando a campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. A campanha nacional, que teve início no último sábado (08), já ultrapassa a meta esperada pela secretaria de Saúde.

A campanha tem objetivo de evitar a paralisia infantil, no caso da poliomielite, e imunizar as crianças contra o sarampo. Ambas as doenças são consideradas graves, de acordo com Ministério da Saúde. O público-alvo são crianças entre seis meses e quatro anos de idade. Pais e responsáveis devem se dirigir as subunidades de saúde dos respectivos bairros, levando o cartão de vacinação.

Vale ressaltar que a campanha é realizada diariamente nas unidades de PSF da cidade.

Informações sobre as doenças:

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança, quando infectada, não morre, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso e provocam paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores.

Já o sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns incluem febre alta, tosse, manchas vermelhas, coriza e conjuntivite. A transmissão acontece de pessoa para pessoa por meio de secreções expelidas ao tossir, falar ou respirar. A única forma de prevenção da doença é a vacinação.