PifPafG
A Pif Paf Alimentos é uma das dez maiores empresas brasileiras no setor de processamento de aves, suínos, massas e vegetais. Seu mix de produtos contempla mais de 300 itens, entre eles elaborados de carnes, pizzas, lasanhas, pães de queijo e embutidos.

Há 46 anos no mercado, a empresa hoje conta com quase 8.500 empregados diretos e 73 mil clientes. Atua nas regiões Sudeste e Centro-Oeste e também no sul da Bahia, além de exportar para diversos países.

A convite do prefeito Flávio Bravo, o Gerente Corporativo  Cláudio Almeida Faria visitou o município e viabilizou novas negociações para o galpão que atualmente está inativo.

Essa é mais uma parceria para geração de empregos em nosso município afirma Flávio

mei-interno
A partir de 1º de agosto de 2015, os microempreendedores (MEI) com tributos em atraso por 12 meses poderão perder o registro caso não regularizem a situação.

O Microempreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Ele tem duas obrigações por ano: pagar os tributos mensais, que não ultrapassam R$ 50,00 e fazer a declaração anual de faturamento (DASN). Apesar da facilidade, dos 5 milhões de MEIs do País, boa parte está inadimplente. Ocorre que a partir de agosto deste ano, quem estiver com 12 meses consecutivos em atraso e não tiver feito a DASN poderá ter o cancelamento automático do registro (CNPJ).

Para se regularizar o empreendedor deve quitar os atrasados. Caso não tenha condições de liquidar de uma vez, é possível emitir e pagar os boletos gradualmente até zerar a dívida.
O empreendedor que deseja fechar um negócio não deve simplesmente parar de pagar, como acontece com frequência. A recomendação é cancelar o registro, o mais rápido possível, ou novos recolhimentos serão exigidos.

Para auxiliar os empreendedores, desde o começo do ano a Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República (SMPE), passou a enviar para o endereço cadastrado no momento da formalização o Carnê da Cidadania.

O microempreendedor deverá fazer a Declaração Anual, documento em que o MEI informa quanto faturou no ano anterior. Quando não enviada no prazo, é cobrada multa e os boletos mensais não podem ser emitidos. Sem ter como honrar a obrigação, o empreendedor torna-se inadimplente.

Para outras informações, os MEIs do município, contam com o atendimento na Secretaria de Trabalho, Turismo, Indústria e Comércio, que fica na Praça Iedo Fiuzza, 85, Telefone 24 2257-2007, e funciona de segunda à quinta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h. Outras informações disponíveis On-line, basta clicar aqui.

Fonte: Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Nacional

FirJanSetticG
Foi realizada na último dia 26, de junho,  a reunião itinerante do conselho da representação regional FIRJAN/CIRJ no Centro Sul Fluminense. Compareceram representantes dos municípios de Areal, São José do Vale do Rio Preto e Três Rios.

O  objetivo desse encontro é  identificar as necessidades do empresariado local  e ajudá-los buscar melhorias para o ambiente de negócios.

Alceir José Corrêa, presidente da Regional FIRJAN/CIRJ no Centro Sul Fluminense, ressaltou a importância da participação dos empresários nestes encontros. É uma forma de alavancar os negócios do município e sanar todas as dúvidas.

durante a reunião, mais de 30 empresários estiveram presentes. Após a palestra foi servido um almoço de confraternização.

 

 

rnaT
A Secretaria de Trabalho, Turismo, Indústria e Comércio (SETTIC), realizou nesta terça-feira, 16 de junho, uma reunião em parceria com a FIRJAN. Empresários do município de Areal, São José do Vale do Rio Preto e Ampla estiveram presentes.

Durante a reunião, o representante da Ampla, Sr. Sergio Carvalho, apresentou  uma projeto de melhorias para os municípios, a instalação de uma subestação e uma possibilidade no aumento do horário de atendimento da loja.

Empresários do município de Areal fizeram alguns questionamentos sobre a falta de energia na cidade, a demora nos reparos técnicos, o aumento divulgado nas contas e os valores recebidos.

O secretário da SETTIC, Wanderlei Cordeiro Gatto, destacou a importância desses encontros para que os problemas sejam resolvidos com mais rapidez e que todos entendam os procedimentos internos das empresas.

A parceria da FIRJAN é importante para que o município “alavanque” seus projetos e melhore o atendimento aos munícipes.