O Prefeito Flávio Bravo em reunião realizada no dia 12/12/2018 no Gabinete, com a presença do Secretário de Governo Marcos André Lima Nogueira e do Gerente Comercial da Viação Progresso e Turismo LTDA, Sr. Anderson Gomes de Pádua, tendo em vista a liberação da Avenida Jorge Luís dos Santos no Bairro de Alberto Torres, solicitou à empresa o aumento de horários.

Ficou decidido na reunião, que a empresa colocaria mais 03 horários para melhor atender aos moradores, e ainda, que os ônibus da linha intermunicipal Posse/Três Rios – Três Rios/Posse, passariam em todos os horários dentro do Bairro, sendo que tal medida, fará com que a população venha a ter uma grande economia, pois o preço da tarifa da referida seção é de R$ 1,90, sendo que em 01 dos novos horários oferecidos, seria da linha Municipal 903, Areal/Alberto Torres, neste caso, o preço se manteria em R$ 3,00.

Outro facilitador para os moradores do Bairro Alberto Torres, e demais passageiros do Município, é que todos os veículos da Linha Posse/Três Rios possuem o validador para o uso do Rio Card.

O Prefeito Flávio Bravo, agradeceu a reiterada e crescente parceria da empresa Viação Progresso e Turismo LTDA com o Município, no atendimento ao pedido, que tem relevante interesse público, oferecendo mais conforto e economia para os moradores de Alberto Torres, em tempos de grave crise financeira, disse:

“Fico muito feliz em poder proporcionar aos moradores e amigos de Alberto Torres uma melhoria no transporte público local, oferecendo mais comodidade com a oferta de novos horários, e economia em tempos tão difíceis.”

A referida seção terá início dia 19/12/2018, sendo que os horários serão amplamente divulgados, no site da Prefeitura, Facebook, site da Viação Progresso e Turismo LTDA, e entregues panfletos à população.

Na última terça feira dia 11/12/18, a realização de um sonho foi alcançado, a então sonhada obra do muro de contenção do Bairro de Alberto Torres e o asfaltamento de parte da Avenida Jorge Luís dos Santos foram concluídas. Após um longo período de espera a obra foi retomada embasada em um decreto emergencial feito pelo Prefeito Flávio Bravo, o referido Decreto permitiu que o Estado do Rio de Janeiro através do INEA, pudesse concluir o projeto da obra, já que o Estado havia sido rescindido o contrato com a empresa que iniciou as obras, por motivos legais que impossibilitavam a retomada da obra, permitindo assim a contratação de uma nova empresa.

O Secretário de Meio Ambiente do Estado, Sr. Marco Aurélio Porto afirmou que o empenho pessoal e primordial do Prefeito Flávio Bravo desde 2016 possibilitou o término da obra.

Estiveram presentes no local Secretário, Coordenadores, Assessores, também marcaram presença os Vereadores e moradores do Bairro de Alberto Torres.

O Prefeito emocionado com aquele momento, disse: “tenho a imensa satisfação de poder junto ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, estar inaugurando o muro de contenção de Alberto Torres, foram várias idas ao Governo Estadual, inúmeras reuniões solicitando providências para a conclusão do projeto da obra, mas juntos conseguimos atender à população de Alberto Torres, lhes garantindo o direito de ir e vir dentro do bairro.”

A continuidade da obra é feita com recursos do Estado, responsável pelo trabalho

Após o prefeito de Areal, Flávio Bravo, declarar situação de emergência na Avenida Jorge Luiz dos Santos, em Alberto Torres, por meio do decreto nº 1.637 de 25 de julho de 2018 e encaminhar laudos elaborados pelas secretarias municipais de Obras e Urbanização e de Meio Ambiente apontando riscos à população e ao meio ambiente em caso da não continuação das obras de recuperação da via e de muro de contenção ao Instituto Estadual do Ambiente (INEA), as mesmas foram recomeçadas nesta semana.

A obra já havia sido iniciada e, com a paralisação, parte da via ficou irregular, sem drenagem e qualquer tipo de contenção. A proximidade do período de chuvas fez com que o Governo Municipal publicasse o decreto, uma vez que escavações naturais poderiam agravar o problema e gerar mais transtornos.

A recuperação do trecho é de responsabilidade do Governo do Estado por meio do INEA. Para buscar a solução definitiva do problema que afeta a população, principalmente em relação à mobilidade urbana, o prefeito acompanha de perto o caso e esteve, por diversas vezes, em reuniões com representantes do Estado e do INEA.

O local foi afetado pelas chuvas de 2011 e, desde então, o tráfego no local foi alterado, com a linha de ônibus impossibilitada de passar por Alberto Torres e os moradores precisando fazer o contorno em um local mais distante. A continuidade da obra contempla mais 100 metros do muro de gabião para contenção, aterramento na parte posterior e pavimentação na rua. A previsão é que seja finalizada em três meses.

Decreto foi encaminhado ao INEA, responsável pela obra, para que o órgão tome providências urgentes

Ao tomar conhecimento sobre a quebra de contrato entre o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e a empresa Prosplan Obras e Serviços, responsável pela finalização das obras de construção do muro de contenção na Avenida Jorge Luiz dos Santos, em Alberto Torres, o prefeito de Areal, Flávio Bravo, declarou situação anormal na via em razão dos riscos que a paralisação causa à população e ao meio ambiente. A quebra do contrato foi assinada no dia 16/06 e publicada na edição do dia 20 de junho do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro

Por meio do decreto nº 1.637 de 25 de junho de 2018, o prefeito declarou situação de emergência no bairro. O decreto e os laudos elaborados por órgãos municipais foram encaminhados ao INEA, responsável pela obra, para que sejam tomadas providências urgentes a partir dos riscos apresentados.

Com a obra já iniciada, parte da via ficou irregular, sem drenagem e qualquer tipo de contenção. A partir de setembro, quando tem início o período de chuvas, podem acontecer escavações naturais. O decreto de estado de emergência compreende o trecho entre os números 3.576 e 3.924 da avenida, na margem esquerda do Rio Piabanha.

Com laudos elaborados pelas secretarias municipais de Obras e Urbanização e de Meio Ambiente que apontam riscos em caso de não continuação das obras de recuperação da via e de muro de contenção, o decreto foi publicado uma vez que o Município tem o dever de zelar pela integridade da população.

Anúncio foi feito pelo secretário estadual de Meio Ambiente, Marco Aurélio Porto.

Na última quinta-feira (31), o prefeito de Areal, Flávio Bravo, recebeu o secretário estadual de Meio Ambiente, Marco Aurélio Porto, e o deputado estadual André Correa em Alberto Torres para o anúncio da retomada das obras do muro de contenção na localidade conhecida como Ponte Branca.

O local foi afetado pelas chuvas de 2011 e, desde então, o tráfego no local foi alterado, com a linha de ônibus impossibilitada de passar por Alberto Torres e os moradores precisando fazer o contorno em um local mais distante. As obras estão paralisadas há três anos e serão retomadas ainda durante o mês de junho, como informou o secretário durante a visita.

A continuidade da obra, totalmente feita com recursos do Estado, contempla mais 100 metros do muro de gabião para contenção, aterramento na parte posterior e pavimentação na rua. A previsão é que seja finalizada em três meses. O prefeito Flávio Bravo agradeceu a parceria para a finalização da obra, um antigo desejo do governo e dos moradores, uma vez que proporcionará melhor mobilidade e conforto à população.

Autoridades municipais e estaduais, além da população, acompanharam a visita e o anúncio. Estiveram presentes o deputado estadual Marcus Vinicius Neskau, os secretários de Fazenda, Rosália Carneiro, Desenvolvimento Social, Carlos Henrique Fagundes, Água e Esgoto, Rodrigo Lima, Serviços Públicos, Márcio Lima, e Obras, Ronan Márcio, e o coordenador do projeto Limpa Rio, Luiz Antonio Correa. Também participaram o chefe de gabinete, Mauro Cortásio, coordenadores, assessores e os vereadores Gutinho, Luis da Papelaria, Vanessa Santinon, Marcelo Pipa, Dedeu e Itamar da Ambulância.

andre correa

O Prefeito de Areal, Flávio M. Bravo esteve no gabinete do secretário Estadual, André Corrêa, acompanhado do Deputado Estadual, Marcus Vinicius (Neskau) para tratarem da retomada da obra de recuperação da estrada em Alberto Torres. O secretário recebeu do Prefeito, outras solicitações de melhorias para o município. De acordo com o secretário, as obras serão retomadas em breve, pois neste período chuvoso, o solo fica muito úmido, podendo não resistir ao peso das máquinas e ceder, comprometendo o avanço da obra. “O Prefeito está sempre em contato conosco solicitando estas e outras melhorias, entendemos a preocupação dele, mas temos o fator clima, que no momento não viabiliza o término da obra. Vamos finalizar e levar mais melhorias para o município”. disse o secretário.

ProjetoEscolaVerde_MeioAmbiente

Na manhã do último dia 05 de outubro, os alunos da Escola Estadual Municipalizada Alberto Torres participaram do projeto Escola Verde. Foram realizadas palestras, atividades lúdicas de Educação Ambiental e plantio de mudas no entorno da Escola, juntamente com a Equipe de Educação Ambiental da CONCER e de servidores da Secretaria de Meio Ambiente.

O projeto consiste em conscientizar aos alunos sobre a importância da prevenção de incêndios florestais e sobre a importância de se evitar algumas práticas que propiciam a propagação de fogo para nossas matas, evitando assim danos graves ao meio ambiente.
Os alunos recebem orientações de plantio de árvores nativas da Mata Atlântica (bioma predominante da nossa região) e farão a manutenção das mudas plantadas no entorno da Escola.
A Secretaria de Meio Ambiente em parceria com a CONCER, realizou anteriormente o Projeto Escola Verde nas seguintes Escolas: Joaquim Vital Vieira, CIEP 24 de Novembro e Escola Renato Féo.

A Secretaria de Meio Ambiente agradece ao corpo docente e discente da Escola pela atenção e interesse, à equipe da CONCER pela disponibilidade e parceria e, também, à Secretaria de Educação, Esporte, Cultura e Eventos.

A Educação Ambiental é a chave de um futuro sustentável!

Acontece no próximo domingo, 30 de agosto a partir das 9h, o VII FESTIVAL CAMPESTRE DE CORAIS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO no Campo de Alberto Torres – KM 30 – BR 040 –  em Areal.

O evento contará com a participação do Coral Princesas de Petrópolis, Coral e Orquestra da UCP, Complexo do Samba de São José do Vale do Rio Preto e do coral das Escolas Municipais de Areal.

As Princesas de Petrópolis, o Coral de maior destaque da Cidade Imperial. Fundado por Leonardo Bruno e regido pelo Maestro Rodrigo D’Ávilla. As Princesas, com seu talento e beleza, vêm conquistando o grande público, não só pela qualidade musical de suas 30 componentes, com idades entre 9 e 17 anos, como também pelo repertório variado e arranjos cuidadosamente elaborados.

Nos últimos anos, as Princesas de Petrópolis alcançaram grande projeção nacional devido às diversas participações em programas de rádio e televisão, gravações de CD’s, cinema e eventos em todo Brasil. Um dos grandes diferenciais do Coral é o fato de que ele trabalha com uma seleção de músicas que marcaram época, não praticando somente a música erudita. As Princesas podem se apresentar, cantando desde MPB, como “Eu Sei que Vou te Amar” de Tom Jobim, até música erudita, como o “Magnificat” de Bach, ou pagode, samba, entre outros estilos musicais.

O Coral da UCP dedica-se, especialmente, à Música Sacra, apresentando-se regularmente nas missas da Catedral S. Pedro de Alcântara, em Petrópolis embora o seu amplo repertório seja apropriado para uma grande variedade de situações. O grupo é aberto tanto à participação de alunos da universidade, (que podem receber bolsas de estudo) quanto de membros voluntários. O Coral é  dirigido desde 1989 pelo maestro Antônio Gastão.

O Grupo Complexo do Samba é um grupo musical que utiliza em seu repertório os ritmos Brasileiros do Samba e pagode e, algumas vezes, faz também uma mescla com outros ritmos brasileiros como o Sertanejo e o axé por exemplo. O grupo formado por músicos naturais de São José do Vale do Rio Preto

O  Festival tem o apoio da Secretaria de Educação, Cultura, Esportes e Eventos de Areal e da Prefeitura.

fcampG

ObrasAlbertoTorre
O Prefeito do Município de Areal, Flávio Bravo, buscou junto ao Governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão o apoio para a retomada das obras da Avenida Jorge Luis dos Santos, no bairro Alberto Torres, que ficou isolado após a enxurrada de 2011.

Durante alguns meses o Prefeito Flávio Bravo, como o apoio da Câmara municipal de Areal, participou de reuniões com o Governador que disponibilizou sua equipe para que todas medidas necessárias fossem tomadas para dar continuidade às obras que estavam paralisadas, dentre elas, o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), através do seu Presidente, o Senhor Marcus de Almeida Lima.

O mês de agosto começou com boas notícias dessa parceria entre o Município e o Governo do Estado. No dia três, as obras de construção do muro de contenção, saneamento básico e reconstrução da via de acesso foram retomadas.

Após assumir a Prefeitura de Areal, a preocupação do Prefeito Flávio Bravo era de que a comunidade retornasse suas atividades normais e voltasse a ter a tranquilidade e segurança em suas residências.