Políticas públicas para o desenvolvimento da produção de orgânicos foi tema da apresentação

As políticas públicas desenvolvidas nos últimos anos em Areal com foco no desenvolvimento e incentivo aos produtores orgânicos foram tema de uma roda de debates na sétima edição do Green Rio / Green Latin America, evento realizado na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, entre os dias 24 e 26 de maio.

Na mesa de debates, os participantes puderam conhecer ações colocadas em prática no governo do prefeito Flávio Bravo, como a feira de produtos de Areal, o projeto de criação do mercado do produtor, cursos de capacitação em parceria com o Senar, criação da lei municipal para introdução dos alimentos orgânicos na merenda escolar e apoio para a criação e desenvolvimento da associação de produtores orgânicos de Areal.

As informações foram apresentadas pelo diretor de Agricultura, Samuel Sanseverino, e pelo técnico da Prefeitura, Ciro Banhato, que representaram o prefeito na ocasião. A roda de debate ainda contou com a presença do secretário especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do Ministério, Jefferson Coriteac, e da delegada federal de Agricultura Familiar, Danielle Barros. Representando a Câmara Municipal, esteve presente o vereador Gutinho Bernardes.

O secretário foi presenteado com uma cesta de produtos orgânicos do Sítio dos Sonhos, que teve sua história apresentada a partir das experiência dos proprietários, Daniel e Clara, que lutam com outros produtores locais para que Areal seja a primeira cidade totalmente orgânica do Estado.

O prefeito Flávio Bravo destaca que o convite para a participação no evento, que tem alcance internacional, representa os avanços do município em relação aos orgânicos e mostra que Areal está no caminho certo para tornar-se referência estadual e nacional na área.

Termocoopnot

Areal foi o primeiro município da região a assinar o Termo de Cooperação Técnica, que tem a participação do Comitê Piabanha e o INEA. O intuito é fortalecer o Cadastro Nacional Rural (CAR) e o Cadastro Nacional de Recursos Hídricos (CNARH), que são importantes ferramentas na proteção dos recursos naturais e na regularização dos imóveis rurais do município.
Este convênio irá facilitar a vida dos pequenos e médios proprietários, pois terão apoio técnico gratuito para a regularização de seus imóveis. O governo já vem atuando de forma eficiente nas questões rurais, através de parcerias com os governos Federal e Estadual, a vida do morador e produtor está ganhando a devida atenção que sempre necessitaram.
Estiveram presentes, o Secretário de Meio Ambiente, Juvenal Brasil, o Coordenador de Agricultura, Samuel Sanseverino, o Presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente, José Augusto e a responsável pelo CAR/CNARH na região, Aline Damasceno, Coordenadora do Programa CAR/CNARH, do Comitê Piabanha e o INEA.

aftosa-g
Para combater o vírus e erradicar o problema da Febre Aftosa, a Prefeitura Municipal de Areal estará cedendo vacinas para os criadores bovinos. Para que isso ocorra, o criador deverá procurar a Coordenação de Agricultura ou a EMATER de Areal e fazer a solicitação.

A febre aftosa é uma doença contagiosa, causada por vírus de rápida multiplicação. Os animais doentes têm feridas na boca, nas tetas e entre as unhas. Apartam-se dos outros, babam, não comem e não bebem. A doença é transmitida por animais ou materiais infectados, veículos, equipamentos e pessoas que tiveram contato com o vírus.

Em caso de suspeita da doença, isole os animais e comunique EMATER mais próxima. A vacina estará disponível durante o mês de Novembro.

Mais Informações:
Secretaria de Serviços Públicos, Transporte e Agricultura

Telefone: 2257-4072
E-mail: spta@areal.rj.gov.br

pdrulg
“Produção orgânica é viável, é rentável e a natureza agradece”. Seguindo este lema o ator e produtor rural Marcos Palmeira, realizou seu sonho de possuir uma propriedade rural totalmente natural, livre da utilização de agrotóxicos e com a integração como forte aliada.

Proprietário da fazenda Vale das Palmeiras, localizada em Teresópolis (RJ), o produtor apresentou sua experiência e os bons resultados desse cultivo, durante o encontro com os produtores rurais de Areal no Último dia 7 de Junho.

Na ocasião, eles visitaram a propriedade de Adilsinho, advogado que também  é produtor rural orgânico e modelo para os demais produtores da região. Segundo o proprietário, o alimento orgânico nem sempre é mais vistoso do que o produto feito na agricultura tradicional. Quando está na prateleira, quem compra escolhe pela beleza, pelo volume, e não pelo que é mais saudável para eles afirma Adilsinho.

Durante o encontro,  prefeito Prefeito Flávio Magdalena Bravo, destacou a importância do encontro com os produtores rurais e a parceria do SEBRAE e EMATER Areal.

ft002

A agricultura familiar gera mais de 80% da ocupação no setor rural e responde no Brasil por sete de cada 10 empregos no campo e por cerca de 40% da produção agrícola. Atualmente a maior parte dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros vem das pequenas propriedades. A agricultura familiar favorece o emprego de práticas produtivas ecologicamente mais equilibradas, como a diversificação de cultivos, o menor uso de insumos industriais e a preservação do patrimônio genético. Em 2009, cerca de 60% dos alimentos que compuseram a cesta alimentar, originaram-se da Agricultura Familiar.

No município de Areal, a família do Sr. Celso da Cruz Fonseca é pioneira no cultivo de tomates, a colheita está sendo realizada pela segunda vez dentro do mesmo mês.  “Estamos colhendo quase 50 caixas, usamos para o consumo e o excedente vendemos para os mercados do município e também para o SEASA.” afirmou Celso.

A agricultura familiar está presente na família desde o tempo do pai do Sr. Celso quando ele ainda plantava café, arroz, milho, cana entre outras variedades para consumo. Durante a plantação de cana, a família se especializou no melado e na produção de rapadura.

Hoje tudo o que produzimos e plantamos estamos vendendo aqui em casa mesmo ou pelo telefone (24) 992295267 comenta Sr. Celso que conta com a ajuda dos sobrinhos, filhos e irmãos.