Prefeito Flávio Bravo vai a Brasília em busca de recursos para a recuperação das áreas atingidas no município de Areal

Reunião-com-ministro-Helder-Barbalho-e-deputada-Cristiane-Brasil-2.jpeg

Flávio Bravo participou de reunião com o ministro Helder Barbalho e a deputada Cristiane Brasil

O prefeito de Areal, Flávio Bravo, esteve em Brasília no início da semana para participar de reunião com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e com a deputada Cristiane Brasil. O objetivo foi reforçar a necessidade de auxílio do Governo Federal ao município para reparos dos estragos causados pelas fortes chuvas que atingiram a região no dia 8 de março e causaram danos em diversas localidades de Areal.

Flávio Bravo já havia se reunido com o ministro em Petrópolis, no dia 10 de março. Na ocasião, foi orientado sobre os procedimentos legais que o município deveria adotar para reconhecimento de situação de emergência por parte do Governo Federal e, com isso, receber apoio da União para recuperação das áreas afetadas. No mesmo dia, o prefeito, secretários e equipes da Prefeitura atuaram na inclusão das informações sobre a situação do município no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID).

“O ministro deixou seu gabinete à disposição do município de Areal caso as situações demorassem a ser resolvidas, com fácil acesso para reuniões. Por meio da deputado Cristiane Brasil, que sempre ajuda Areal e está presente quando precisamos, tivemos essa agenda com o ministro e, com certeza, a ajuda vai fazer a diferença”, destacou o prefeito.

A deputada se comprometeu a continuar acompanhando e auxiliando o município. “A ajuda vai chegar ao município de Areal e vamos conseguir contornar esse desastre. Além disso, com certeza ainda vamos levar outras coisas boas ao município”, disse Cristiane Brasil.

Em Areal, a chuva deixou três famílias desabrigadas e cerca de 50 desalojadas, todas acompanhadas de perto pelo prefeito e por equipes da Prefeitura desde o início. O temporal também causou alagamento em diversos bairros, queda de barreiras, abertura de uma cratera no bairro Delícia, suspensão das aulas nas unidades escolares e problemas no abastecimento de água.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *