Prefeito de Areal pede inspeção do TCE nas contas do município

tsddfasdO prefeito de Areal, Flávio Magdalena Bravo, que assumiu o cargo no último dia 03 de setembro após a cassação de Waldeth Brasiel, pediu ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) uma inspeção especial nos gastos públicos do governo municipal. A medida visa evitar que possíveis irregularidades apontadas pelo TCE possam ser questionadas futuramente.

Waldeth Brasiel teve o mandato cassado em votação na Câmara no dia 02 de setembro, quando oito dos nove vereadores foram favoráveis à cassação. Após meses de investigação da Comissão Processante, foram comprovadas as denúncias feitas por um morador da cidade que apontava irregularidades no processo de contratação da empresa L&M, paga para fornecer produtos da merenda escolar da rede municipal de ensino de Areal.

Após assumir o mandato, o prefeito Flávio Bravo exonerou todos os secretários de governo e funcionários com cargos comissionados. Segundo o chefe do Executivo arealense, a situação encontrada no município é problemática, com funcionários insatisfeitos e o pagamento dos servidores atrasado. Em entrevista ao Entre-Rios Jornal, o prefeito prometeu vida nova em Areal. “Realizaremos um trabalho sério, com uma equipe formada por pessoas de credibilidade e que têm o nome a zelar”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *