Estado leva cursos gratuitos de beneficiamento do pescado ao Centro-Sul e Norte Fluminense

FIPERJ_p.jpg

FIPERJ_g
O Governo do Estado, por meio da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj), promove, na próxima semana, cursos gratuitos de Boas Práticas em Manipulação e Beneficiamento Artesanal do Pescado em Areal, na região Centro-Sul, e em Macaé, no Norte Fluminense. Com duração de três dias, as aulas começam na segunda-feira, 20. Cerca de 60 pessoas, entre merendeiras, auxiliares de cozinha e nutricionistas da rede municipal de ensino, 55vão aprender técnicas de beneficiamento e aproveitamento do pescado, principalmente o de baixo valor comercial.

Resultado de parcerias com as prefeituras, a ação conta com orientações sobre higiene e boas práticas na manipulação e conservação do pescado, e apresenta alternativas para a diversificação do preparo, reduzindo desperdícios. Os alunos aprendem a fabricar artesanalmente produtos mais elaborados à base de peixe, como quibe, almôndega, fishburguer, nugget, patê, entre outros, agregando valor comercial ao pescado, e possibilitando sua maior aceitação entre as crianças na alimentação escolar, incentivando desde cedo o consumo.

Centro-Sul – O curso gratuito será realizado no Ciep Vinte e Quatro de Novembro, que fica na Rua João Pedro da Silveira, nº 30, no Centro de Areal. O evento conta com aula teórica no primeiro dia (20), das 13h às 16h, seguida de aulas práticas na terça (21) e quarta-feira (22), das 9h às 16h. A parceria se dá por meio das secretarias municipais de Serviços Públicos, Transporte e Agricultura e de Educação, Cultura, Esportes e Eventos.

Ministrada pela médica veterinária Maria Dalva Ribas Pinto, chefe do Escritório Regional Médio Paraíba da Fiperj (com sede em Piraí), e pelo zootecnista Henrique Rhamnusia de Lima, extensionista do escritório Centro-Sul Fluminense (sediado em Miguel Pereira), a capacitação é uma medidas previstas no Termo de Cooperação Técnica assinado entre a Fiperj e a Prefeitura de Areal em maio deste ano. O documento prevê a elaboração de projetos e ações em benefício do setor pesqueiro e aquícola no município.

Norte – Em Macaé, a ação vai durar a semana toda, pois contará com duas turmas, cada uma com cerca de 20 pessoas. A parte teórica será concentrada no primeiro dia (20) no Mercado Municipal de Peixes, localizado na Avenida Presidente Sodré, s/nº, no Centro da cidade, começando às 10h para o primeiro grupo, e às 14h para o segundo. Já as aulas práticas acontecerão na terça (21) e quarta-feira (22) para uma turma, e nos dias seguintes (23 e 24) para a outra, sempre das 8h às 16h no Laboratório de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), situado na Avenida Aluízio da Silva Gomes, nº 50, no bairro Granja dos Cavaleiros.

Aplicado pelos médicos veterinários Luis Bernabe Castillo, chefe do Escritório Regional Norte Fluminense II da Fiperj (com sede em Macaé), e Carlos Eduardo Guimarães Filho, que compõe a equipe de extensionistas da instituição, o curso é fruto de parceria com as secretarias municipais de Educação e de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico e Turismo (por meio da subsecretaria de Pesca).

FONTE: Ascom Fiperj