Chuvas dos últimos dias deixam desalojados em Areal

88213087_2874794695893259_8797895684406640640_n.jpg

Após semanas de chuvas intensas, o sol volta a brilhar.
Com o solo encharcado a Defesa Civil monitora com atenção bairros como Amazonas, Alto Para, Pedreira, Gaby, Delícia, Cedro, Alberto Torres e Portões.
Desde a última segunda-feira , a cidade recebeu um acúmulo de 64,6mm de chuva no bairro Gaby, 54,8mm no Cedro e 38,6mm em Alberto Torres.
O município registrou na noite de terça (03), para quarta (04), alguns pontos de deslizamentos de terras nos bairros Delícia, Amazonas e Alto Para, deixando sete famílias desalojadas.
No início da manhã desta quarta, o prefeito Flávio Bravo estava com a equipe de Defesa Civil, secretaria de Ação Social e uma assistente social já estavam assistindo às famílias.
“Estou acompanhando com minhas equipes durante todo esse período de chuvas. Eles informam diariamente o mapeamento de áreas com problemas e estamos chegando junto dando todo o suporte necessário”. Disse o prefeito.
De acordo com a Defesa Civil é importante que os moradores em áreas de riscos comuniquem através do 2255-3919 – ramal 255, qualquer alteração na estrutura da casas como rachaduras, inclinação do imóvel, janelas e portas que passem a emperrar no abrir, fechar e rachaduras no solo no quintal e área.
O prefeito Flávio Bravo equipou a Defesa Civil de Areal, que conta hoje com um efeito de 8 profissionais com escalas de 24h monitorando o município. São 7 conjuntos de sirenes instaladas em 7 bairros. “Hoje oferecemos segurança e tranquilidade para nossa população, pois temos uma Defesa Civil em alerta e de plantão todos os dias”. Disse o prefeito.
Areal possui três pontos de apoio, caso alguma família que está cadastrada e necessite ser desalojada fique até normalizar a situação, sendo o CIEP, Salão do Idoso e o CRAS do Amazonas.
O prefeito Flávio Bravo continua acompanhando passo a passo os trabalhos das equipes.