A Prefeitura Municipal de Areal através da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Turismo em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos e Reciclanip, inicia o projeto de ECOPONTO por nossa cidade.
O caminhão da Prefeitura passará toda última quarta-feira do mês em todas as borracharias recolhendo pneus para descarte em locais corretos.
FIQUE ATENTO AO DESCARTE CONSCIENTE!
Prefeitura Municipal

Ontem (02/04), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro estiveram representando o Prefeito Flávio Bravo os secretários: Bruno Evaristo do Meio Ambiente e Rozália Carneiro de Fazenda e Turismo, para debaterem junto ao Deputado Estadual Welberth Rezende, a situação dos municípios do Estado do Rio de Janeiro quanto ao atendimento dos requisitos para a versão 2019 do Mapa do Turismo Brasileiro.
O nome denominado para a área turística da nossa região é “Caminhos Coloniais”, uma alusão por ser tratar na época da Colonização o Caminho mais próximo por onde era trazido todo ouro das Minas Gerais. Os municípios que farão parte são: Areal, Comendador Levy Gasparian, Três Rios, São José do Vale do Rio Preto e Sapucaia, podendo integrar mais municípios. A boa notícia é que até junho Areal estará cadastrado, e dentro das normas documentais, o município está em dia. Sendo assim em médio prazo será criada uma identidade cultural, com isso receber verbas da União para atender as demandas fomentando e fortalecendo o turismo em nossa cidade. Prefeitura de Areal, trabalhando Sempre.

Nas dependências do Centro de Convivência do Idoso, aconteceu hoje, 30/04, o Curso de Ranicultura, atendendo aos produtores rurais do nosso munícipio. Hoje no campo rural por ser uma área muito promissora, o Prefeito Flávio Bravo fez uma solicitação ao Secretário do Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento. Sr. Eduardo Lopes e ao Presidente da FIPERJ. Sr. Vicenildo Medeiros, que de pronto atendimento pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente vem capacitando os interessados. A palestra de hoje foi com o Sr. Marcelo Maia Pereira da FIPERJ (Fundação Instituto de Pesca do Estado de Janeiro).
O Sr. Bruno Evaristo, Secretário Municipal de Meio Ambiente, lembra aos interessados que, no segundo semestre de maio serão convocados para uma nova reunião, onde no dia 14 de junho haverá um workshop no município de Rio das Flores. Além dos participantes, se houver mais interessados, entrar em contato com a Secretaria, ou pelo telefone 2257- 3919.
Prefeitura Municipal de Areal, trabalhando sempre!

Diante da publicação dos vereadores José Augusto Bernardes (Gutinho) e Denílson (Dedeu) sobre a pinguela existente no Beco da Saudade, o prefeito Flávio Bravo solicitou aos secretários de Obras e Urbanização e de Meio Ambiente que vistoriassem o local. A visita foi acompanhada juntamente com a Senhora Lúcia Maria, uma das proprietárias da área que informou que os moradores, que utilizam a dita “pinguela”, possuem as chaves do portão principal do local, sendo através deste portão a entrada correta.

Além disso, constatou-se que o local ainda está recebendo melhorias, inclusive a construção de uma nova ponte, que também servirá de acesso para os moradores, que hoje já conseguem chegar em casa com veículos, conforme as fotos desta publicação. Vale lembrar que se trata de propriedade particular e por isso, a obra de construção dessa ponte está sendo feita pelos proprietários.

No dia 05/02 ocorreu o primeiro módulo do curso “Capacitação Rural” pela Secretaria de Meio Ambiente em parceria com EMATER, UFRRJ, na Câmara de Vereadores que gentilmente cederam o plenário.
Dentro do módulo, que tem o tema: Pra Ficar Legal, tratou de temas de legalização tanto da terra, do produtor e da produção. Além disso, também foi falado sobre Licenciamento e tivemos a presença do Sr. Thiago funcionário do Banco do Brasil para falar sobre recursos para os produtores.
O Exmo. Prefeito Flávio Bravo, prioriza todo apoio necessário aos nossos produtores, visando a melhoria e capacitando para obter os melhores resultados!

Com foco nas metas de crescimento do ano de 2019, no dia 14 de janeiro aconteceu a Apresentação do Projeto CapacitAção Rural, que tem como objetivo o crescimento da produção municipal, permitindo a identificação e apoio técnico de cada uma das necessidades dos produtores, sejam elas de legalização, produção ou venda.

O curso ocorre através da parceria entre a Prefeitura, UFRRJ, EMATER e Governo do Estado. “Com o curso, cada produtor rural poderá se capacitar naquilo que hoje, é a sua necessidade e, assim, melhorar tanto o seu processo produtivo, quanto as metodologias para venda e negócios. O produtor Arealense certamente alcançará índices melhores a cada dia, fortalecendo a economia do nosso município e essa é uma das nossas metas, o crescimento rural.”, disse o prefeito Flávio Bravo.

O primeiro módulo acontecerá no dia 05 de fevereiro, às 19h, na Câmara de Vereadores. As inscrições devem ser feitas na Secretaria de Meio Ambiente.

 

Na última terça feira dia 11/12/18, a realização de um sonho foi alcançado, a então sonhada obra do muro de contenção do Bairro de Alberto Torres e o asfaltamento de parte da Avenida Jorge Luís dos Santos foram concluídas. Após um longo período de espera a obra foi retomada embasada em um decreto emergencial feito pelo Prefeito Flávio Bravo, o referido Decreto permitiu que o Estado do Rio de Janeiro através do INEA, pudesse concluir o projeto da obra, já que o Estado havia sido rescindido o contrato com a empresa que iniciou as obras, por motivos legais que impossibilitavam a retomada da obra, permitindo assim a contratação de uma nova empresa.

O Secretário de Meio Ambiente do Estado, Sr. Marco Aurélio Porto afirmou que o empenho pessoal e primordial do Prefeito Flávio Bravo desde 2016 possibilitou o término da obra.

Estiveram presentes no local Secretário, Coordenadores, Assessores, também marcaram presença os Vereadores e moradores do Bairro de Alberto Torres.

O Prefeito emocionado com aquele momento, disse: “tenho a imensa satisfação de poder junto ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, estar inaugurando o muro de contenção de Alberto Torres, foram várias idas ao Governo Estadual, inúmeras reuniões solicitando providências para a conclusão do projeto da obra, mas juntos conseguimos atender à população de Alberto Torres, lhes garantindo o direito de ir e vir dentro do bairro.”

Programa já está no município há três anos e proporcionou avanços no setor.

Produtores rurais da microbacia acompanham de perto cada etapa do programa

Três anos após o início do programa Rio Rural, 32 produtores de uma das microbacias beneficiadas no município estão prestes a receber o recurso de R$ 10 mil. A previsão é que os valores sejam depositados no dia 6 de setembro. O programa é realizado pela Emater-Rio e tem recursos do Banco Mundial.

Em Areal, o programa contempla duas microbacias e, segundo o diretor de Agricultura, Samuel Sanseverino, ao longo dos últimos três anos foram realizadas mais de 200 reuniões para levantamento do Censo Rural do município, coleta de documentos, visitas às propriedades e outras ações com o objetivo de oferecer melhorias aos produtores rurais. “Areal foi o último município a entrar no programa. Lutamos muito e corremos contra o tempo para mostrar que nosso município merecia. O prefeito, Flávio Bravo, a equipe da Prefeitura e os técnicos da Emater uniram forças para que o processo fosse concluído”, lembra Samuel.

Ele explica que parte dos recursos repassados aos produtores deverá ser utilizada para contrapartida ambiental, como reflorestamento, proteção de nascente ou instalação de fossa coletora, por exemplo. Já outra parte é para investimento na própria atividade rural. Os produtores devem realizar prestação de contas e têm prazo para implementação do projeto proporcionado pelos recursos.

O prefeito Flávio Bravo comemora o marco histórico no município, afinal esta será a primeira vez que os produtores receberão investimentos diretos, a fundo perdido. “Neste momento serão repassados, no total, R$ 320 mil aos produtores. Grande parte desse valor vai circular no próprio município e os resultados dos investimentos em suas propriedades também serão colhidos por todos a longo prazo, com o desenvolvimento do setor e das produções. Só posso agradecer todos os envolvidos. Ainda temos outra microbacia atendida pelo programa e estamos buscando a liberações dos recursos para os produtores que nelas estão cadastrados”, afirma o prefeito.

Sistema torna a água potável seguindo padrões do Ministério da Saúde.

A montagem do sistema Salta-Z na comunidade quilombola da Boa Esperança, em Areal, foi concluída nesta semana. A Solução Alternativa, Coletiva, Simplificada de Tratamento de Água para Consumo Humano (Salta-Z) no local foi montada com auxílio de técnicos da Funasa, da Secretaria de Água e Esgoto, da Secretaria de Saúde, da Secretaria de Obras, da Secretaria de Meio Ambiente e de moradores. O sistema já abastece o posto de saúde e a comunidade.

Nos últimos meses, representantes da Prefeitura e da Funasa realizaram reuniões com os moradores para apresentação do sistema e seus benefícios diretos para o meio ambiente e para a saúde. O projeto chegou a Areal sem custos para o município e apresenta vantagens principalmente na redução de problemas de saúde e na minimização dos efeitos de crises hídricas. O tratamento pelo sistema torna a água potável seguindo padrões de qualidade definidos em portaria do Ministério da Saúde.

O prefeito Flávio Bravo acompanhou todo o processo de implantação do sistema na comunidade de Boa Esperança e parabeniza todos os envolvidos, principalmente os moradores. “Desde o início todos foram muito receptivos à novidade e entenderam seus benefícios. É algo inédito em nossos município e, com certeza, terá grandes resultados”, finaliza.

Campanha será realizada por toda a cidade pela Secretaria de Meio Ambiente.

A Prefeitura de Areal, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, iniciou uma campanha para conscientizar toda a população sobre a destinação correta do lixo verde e entulhos de obras. A equipe da Secretaria começou o trabalho pelos bairros Delícia e São Sebastião e continuará as atividades de conscientização por toda a cidade nas próximas semanas.

O secretário Juvenal Brasil explica que lixo verde é aquele que surge a partir da poda de árvores e plantas e limpeza de jardim, como galhos, cascas de árvores, gramas, folhas e outros materiais orgânicos de origem vegetal. “Outro foco da campanha tem sido mostrar que móveis velhos e resíduos de obras não devem ser descartados de qualquer maneira nas ruas. Em Areal, basta ligar para a Secretaria de Serviços Públicos e agendar a retirada para correta destinação”, explica.

O lixo verde, quando tem descarte correto, pode ser reutilizado de diversas formas, como na preparação de adubo orgânico, criação de artigos de decoração e para áreas de compostagem. Já em relação aos resíduos de obras, parte deles também pode ser reutilizada ou reciclada, enquanto outra pode, inclusive, ser perigosa e deve ter descarte correto para não contaminar o meio ambiente.

O prefeito Flávio Bravo ressalta que desde o início da gestão faz questão de fortalecer as atividades direcionadas à conscientização ambiental da população, desde as crianças nas escolas aos adultos por meio de campanhas. Em paralelo à conscientização sobre descarte do lixo verde e resíduos de obras, os profissionais da Secretaria de Meio Ambiente também informam a população sobre a coleta seletiva no município.

Para agendar a retirada de resíduos de obras e lixo verde, o cidadão deve entrar em contato com a Secretaria de Serviços Públicos pelo telefone (24) 2257-4072.