No dia 05/02 ocorreu o primeiro módulo do curso “Capacitação Rural” pela Secretaria de Meio Ambiente em parceria com EMATER, UFRRJ, na Câmara de Vereadores que gentilmente cederam o plenário.
Dentro do módulo, que tem o tema: Pra Ficar Legal, tratou de temas de legalização tanto da terra, do produtor e da produção. Além disso, também foi falado sobre Licenciamento e tivemos a presença do Sr. Thiago funcionário do Banco do Brasil para falar sobre recursos para os produtores.
O Exmo. Prefeito Flávio Bravo, prioriza todo apoio necessário aos nossos produtores, visando a melhoria e capacitando para obter os melhores resultados!

Com foco nas metas de crescimento do ano de 2019, no dia 14 de janeiro aconteceu a Apresentação do Projeto CapacitAção Rural, que tem como objetivo o crescimento da produção municipal, permitindo a identificação e apoio técnico de cada uma das necessidades dos produtores, sejam elas de legalização, produção ou venda.

O curso ocorre através da parceria entre a Prefeitura, UFRRJ, EMATER e Governo do Estado. “Com o curso, cada produtor rural poderá se capacitar naquilo que hoje, é a sua necessidade e, assim, melhorar tanto o seu processo produtivo, quanto as metodologias para venda e negócios. O produtor Arealense certamente alcançará índices melhores a cada dia, fortalecendo a economia do nosso município e essa é uma das nossas metas, o crescimento rural.”, disse o prefeito Flávio Bravo.

O primeiro módulo acontecerá no dia 05 de fevereiro, às 19h, na Câmara de Vereadores. As inscrições devem ser feitas na Secretaria de Meio Ambiente.

 

Políticas públicas para o desenvolvimento da produção de orgânicos foi tema da apresentação

As políticas públicas desenvolvidas nos últimos anos em Areal com foco no desenvolvimento e incentivo aos produtores orgânicos foram tema de uma roda de debates na sétima edição do Green Rio / Green Latin America, evento realizado na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, entre os dias 24 e 26 de maio.

Na mesa de debates, os participantes puderam conhecer ações colocadas em prática no governo do prefeito Flávio Bravo, como a feira de produtos de Areal, o projeto de criação do mercado do produtor, cursos de capacitação em parceria com o Senar, criação da lei municipal para introdução dos alimentos orgânicos na merenda escolar e apoio para a criação e desenvolvimento da associação de produtores orgânicos de Areal.

As informações foram apresentadas pelo diretor de Agricultura, Samuel Sanseverino, e pelo técnico da Prefeitura, Ciro Banhato, que representaram o prefeito na ocasião. A roda de debate ainda contou com a presença do secretário especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do Ministério, Jefferson Coriteac, e da delegada federal de Agricultura Familiar, Danielle Barros. Representando a Câmara Municipal, esteve presente o vereador Gutinho Bernardes.

O secretário foi presenteado com uma cesta de produtos orgânicos do Sítio dos Sonhos, que teve sua história apresentada a partir das experiência dos proprietários, Daniel e Clara, que lutam com outros produtores locais para que Areal seja a primeira cidade totalmente orgânica do Estado.

O prefeito Flávio Bravo destaca que o convite para a participação no evento, que tem alcance internacional, representa os avanços do município em relação aos orgânicos e mostra que Areal está no caminho certo para tornar-se referência estadual e nacional na área.

Município já é contemplado pelo programa Rio Rural, que tem ações propostas no plano

Na última quarta-feira (07), aconteceu, na sede da Secretaria Estadual de Agricultura, o lançamento do Plano ABC-RJ de mitigação e adaptação às mudanças climáticas para a consolidação de uma economia de baixa emissão de carbono na agricultura. O diretor de agricultura de Areal, Samuel Sanseverino, representou o prefeito, Flávio Bravo, no lançamento do plano.

No Estado do Rio de Janeiro, o Plano tem como objetivos ampliar a adoção das tecnologias de produção sustentáveis no setor agropecuário, reduzir as emissões de GEE, contribuir com a segurança alimentar e aumentar a resiliência aos efeitos das mudanças climáticas.

O secretário estadual de Agricultura, Jair Bittencourt, ressaltou durante o lançamento que o Estado já está realizando as ações por meio do programa Rio Rural e que as metas propostas já estão sendo trabalhadas. “Não cabe mais a produção de alimentos dissociada da preservação ambiental. As políticas públicas para o setor no Rio de Janeiro estão alinhadas com o propósito do governo federal”, afirmou.

O documento, que foi elaborado em parceria pelas secretarias estaduais de Agricultura e do Ambiente, Ministério da Agricultura, Embrapa, Emater-Rio, Pesagro-Rio, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Banco do Brasil, Sebrae, Faerj e Firjan faz parte das estratégias nacionais estabelecidas pela Lei Federal 12.187/2009 e do compromisso brasileiro, assumido na Cop-21/2015, em Paris, de reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE) em 37% até 2025 e 43% até 2030.

De acordo com o 3º Inventário de Emissões de GEE, realizado em 2015, no Estado do Rio de Janeiro, o setor da Agricultura responde por 5% das emissões de GEE, enquanto o setor de produção de energia é responsável por 76%. Segundo a Secretaria de Agricultura, o Plano ABC-RJ terá o período de vigência de 2018 a 2030, cabendo ao Comitê Gestor revisar as metas considerando o novo período do Plano ABC nacional (2021-2030).

Reunião realizada com chefe regional da Emater-Rio marcou a fase de liberação dos projetos

Na última terça-feira (16), representantes do poder público de Areal e produtores rurais do município participaram de reunião com o chefe regional da Emater-Rio, Luiz Antônio Ferreira, para tratar da liberação dos recursos do programa Rio Rural, que beneficiará 42 produtores com valores entre R$ 7.000 e R$ 10 mil por meio do Banco Mundial para serem investidos em melhorias nas propriedades.

O projeto da Secretaria Estadual de Agricultura, realizado por meio da Emater-Rio, é referência internacional e já contempla Areal há dois anos, período em que o prefeito, Flávio Bravo, e o diretor de agricultura, Samuel Sanseverino, atuam na busca constante por melhorias para a qualidade de vida e da renda das famílias arealenses. De acordo com o diretor de agricultura do município, foram realizadas mais de 30 reuniões com os produtores locais nos últimos quatro meses para definições importantes sobre o programa.

Por também ser produtor rural e conhecer as dificuldades de crescimento sem incentivo do poder público, uma vez que não havia qualquer apoio no município antes de sua gestão, o prefeito, Flávio Bravo participou de diversas reuniões na capital com o secretário de Estado, Christino Áureo, Jair Bittencourt e a presidente da Emater, Stella Romanos, para o desenvolvimento do projeto. A liberação dos recursos vai, além de movimentar a produção rural, aquecer a economia arealense, uma vez que os recursos devem ser gastos no próprio município.

Na última sexta-feira, durante a reunião do Comitê Gestor de Microbacias da Região Serrana, em Nova Friburgo, foi informado a todos que o programa Rio Rural, que promove a agricultura sustentável em todo estado, investirá mais R$ 130 milhões até novembro de 2018 no Estado do Rio de Janeiro. Recursos do Banco Mundial, que acredita nesta iniciativa e por isso manteve o programa no nosso Estado. Esta é uma ação que preserva a água e os agricultores e técnicos da Secretaria Estadual de Agricultura merecem todo o nosso respeito por trabalharem com tanto afinco. A ideia do Rio Rural surgiu na década de 80. A maior felicidade é que hoje, os produtores e técnicos abraçaram a causa. O programa que teve total continuidade na administração do secretário licenciado Jair Bittencourt, é um programa de estado e não de governo. O Prefeito Flávio Bravo e o Diretor de Agricultura Samuel Sanseverino tem sido ótimos parceiros em todas ações para o desenvolvimento do município.
Areal foi contemplado com o programa e conseguiu duas Microbacias contempladas:
Bacia Rio Fagundes e Bacia Rio Boa Esperança, onde mais de 40 produtores vão ser contemplados com o recurso do programa, além das estradas da produção e incentivos de grupos, fora o ganho de produtividade e melhoria nas propriedades rurais da cidade.

O Vereador Dedeu apoia essa iniciativa e acompanhando o Prefeito, estava o seu filho, Caio Bravo.

Unidade em parceria com a Prefeitura Municipal de Areal vai atender produtores da região

Ficou mais fácil para os produtores rurais de Areal, na Região Centro Sul fluminense, obter a GTA (Guia de Trânsito Animal), documento fundamental para o transporte de animais das diversas espécies. Nesta segunda-feira, dia 06 de novembro, o Secretário Estadual de Agricultura, Jair Bittencourt, e o Prefeito do município de Areal, Flávio Bravo, inauguraram o Posto Municipal de Defesa Agropecuária de Areal.

Na unidade também poderão ser feitas atualizações de cadastros de propriedades e entregas de declarações de vacinação contra Febre Aftosa, Raiva e Brucelose, entre outros documentos relacionados à sanidade animal e vegetal.

Durante a solenidade, o Secretário Jair Bittencourt ressaltou a importância da parceria para a implantação do Posto, especialmente para o atendimento ao pequeno produtor, viabilizando negócios na pecuária e na produção vegetal. Anteriormente os produtores precisavam se deslocar até o Núcleo de Defesa Agropecuária de Petrópolis ou Três Rios para solicitar estes serviços. Ressaltou que após um almoço com o Prefeito Flávio, a Secretaria de Estado de Agricultura estaria a disposição do município de Areal, já que aqui encontrou no gestor, um amigo.

Já o Prefeito Flávio, deu todo o suporte necessário para que fosse criada a diretoria de agricultura em Areal vinculada à Secretaria de Meio Ambiente, segundo o Diretor de Agricultura Samuel Sanseverino, no município de Areal não existia uma repartição para as demandas agrícolas, e graças a gestão do Prefeito Flávio Bravo foi possível este feito. O apoio da Prefeitura Municipal de Areal tem sido estratégico para o atendimento ao produtor e oferece gratuitamente vacina contra a febre aftosa. O Prefeito Flávio renovou o Convênio da Prefeitura Municipal de Areal com a Emater, representada pelo Sr. Jhonison Pitanga Valadares.

Após a inauguração foi emitida a primeira GTA na nova unidade, pela Josiele Batista da Cruz, funcionária do município treinada para atendimento aos produtores. Na ocasião ainda, o secretário recebeu produtos orgânicos da agricultora Jenifer Medeiros. Também estiveram presentes o Superintendente de Defesa Agropecuária da Secretaria Estadual de Agricultura, Paulo Henrique Moraes, o Prefeito Flávio Bravo, o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Juvenal de Souza Brasil Neto, o Chefe de Gabinete, Mauro Cortásio, o Secretário de Governo, Marcos André Nogueira, a Secretária de Educação, Cultura, Esportes e Eventos, Ione da Silva Oliveira, o Secretário de Administração, Luis Antônio Moraes, o Secretário de Obras, Ronan Márcio da Silva, a Secretária de Fazenda, Rozália Carneiro, o Diretor Executivo, Antônio Sérgio Gandra, a Secretária de Saúde Eliane Vieira Cruz, os Vereadores Luiz da Papelaria, Gutinho Bernardes, a Diretora de Cultura, Thais Carvalho, o Coordenador de Esportes, Cláudio Lourenço, a Coordenadora de Patrimônio, Marilúcia Vieira Lima, a Diretora de Compras, Marta Born, o Zootecnista da Emater – Rio, Marcos Antônio Soares e o Diretor de Agricultura do Município, Samuel Sanseverino.

A Prefeitura Municipal de Areal através da Secretaria do Meio Ambiente recebeu o Superintendente Federal do Ministério da Agricultura José Essiomar Gomes da Silva, e promoveu através do Diretor de Agricultura, Samuel Sanseverino, um encontro com o Prefeito Flávio Bravo e o Superintendente José Essiomar Gomes da Silva. Estiveram presentes o Vice Prefeito Celso Silvestre, o Chefe de Gabinete Mauro Cortásio, o Secretário de Governo Marcos André Lima Nogueira, o Procurador Geral do Município Dr. Carlos Braga Caetano, o Presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Pipa, os Vereadores Luiz da Papelaria e Gutinho Bernardes, o Secretário do Meio Ambiente Juvenal Brasil, o Secretário de Obras, Ronan Márcio da Silva, a Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Areal Ana Paula de Araújo e produtores rurais do município.
A reunião teve como objetivo a divulgação de projetos que acontecerão, como a criação do Entreposto de Produtos Agrícolas, auxílio para a associação de produtores orgânicos, envio de Emendas Parlamentares, assistência técnica e doações de maquinários para o setor agrícola.
O município arealense vem se destacando no estado como pioneiro nos investimentos para a melhoria e qualificação da mão de obra no campo. “Estou muito satisfeito com os avanços e os esforços na melhoria dos serviços e qualificação. Temos ótimas propostas e vamos implantá-las aqui em Areal”, disse Essiomar Gomes da Silva, Superintendente do Ministério da Agricultura.

Logo após a reunião, o Sr. Gabriel Affonseca recepcionou o Prefeito, o Superintendente e comitiva para um belíssimo almoço em sua sede.

A Secretaria de Serviços Públicos vem desenvolvendo um trabalho de melhoria nas praças e jardins de nossa Areal, a restauração e manutenção dos bancos, mesas, canteiros, piso, pintura, etc.. São acompanhados pelo Diretor de Limpeza e Ordem Pública, Marco Antonio Ribeiro.

Não poderia deixar de mencionar o trabalho da Assessora de Parques e Jardins, Lilian Pereira Vieira e equipe que consiste em meio ao progresso e crescimento urbano, arborizar, cultivar, permitir florescer jardins e parques com espécies de plantas e flores mantendo o equilíbrio ambiental e paisagismo de nossa cidade, esse trabalho e feito com dedicação e profissionalismo.