Tem por objetivo analisar permanentemente a situação de saúde da população, articulando-se num conjunto de ações que se destinam a controlar determinantes, riscos e danos à saúde de populações que vivem em determinados territórios, garantindo a integralidade da atenção, o que inclui tanto a abordagem individual como coletiva dos problemas de saúde (BRASIL, 2009).

A Vigilância em Saúde é dividida em 5 setores:

Vigilância Ambiental

Tem por finalidade promover o conhecimento, a detecção e a prevenção de mudanças nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interferem na saúde humana.

Vigilância Epidemiológica

Tem por objetivo fornecer orientação técnica permanente para os profissionais de saúde, que têm a responsabilidade de decidir sobre a execução de ações de controle de doenças e agravos.

Vigilância Sanitária

Seu objetivo é elaborar, controlar e fiscalizar o cumprimento de normas e padrões de interesse sanitário decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços.

Saúde do Trabalhador

Visa à promoção da saúde e a redução da morbimortalidade da população trabalhadora, por meio da integração de ações que intervenham nos agravos decorrentes dos processos produtivos.

Imunização

Representa uma das intervenções em saúde pública mais importantes no cenário saúde brasileiro, com ações de vacinação e vigilância apresentando impacto positivo na prevenção e controle de doenças imunopreveníveis.