Atrativos

Capela de Santa Rita

Descrição: Pequena edificação de 1955, quando da demolição da Paróquia Nossa Senhora das Dores, foi elevada a Matriz provisória, nela passando a funcionar a Igreja na plenitude de suas atividades.
Localização: Alameda Santa Rita, S/N, Centro, Areal-RJ.
Funcionamento: Horários sob consulta. Abertura acompanha o horário das celebrações.

Capela Nossa Senhora do Carmo

Descrição: A atual edificação apresenta características do movimento estético do início do século XX, especialmente associado à arquitetura neocolonial.
Localização: Avenida Jorge Luis dos Santos, Alberto Torres, Areal-RJ.
Funcionamento: Permanente.

Estação de Trem de Alberto Torres

Descrição: Inaugurada em 1886, era a segunda estação do município de Areal, incorporada pela E. F. Príncipe do Grão Pará, que construiu o prolongamento até Petrópolis e Areal. A edificação foi desativada em 5 de dezembro de 1964 – período negro para a Companhia, após a Segunda Guerra Mundial não conseguiu se reerguer após o declínio da lavoura cafeeira e foi encampada pela Rede Ferroviária Federal – e o ramal a qual pertencia foi extinto. Atualmente, o belo conjunto arquitetônico da mesma serve como biblioteca.
Localização: Avenida Jorge Luis dos Santos, Alberto Torres, Areal-RJ.
Funcionamento: Horário comercial.

Estação de Trem de Areal

Descrição: A estação de Areal foi inaugurada em 1886 para a E. F. Príncipe do Grão-Pará. O ramal de São José do Rio Preto fazia parte da linha tronco da antiga Grão Pará, que pretendia atingir Além Paraíba subindo a margem esquerda do rio Preto até conseguir vencer o vale do rio. Porém, tais planos foram frustrados por um enorme paredão de pedra na localidade de Serra do Sossego, depois de São José. A partir dali passava para o vale do Paraíba do Sul por um corte na pedra, e seguia em direção a Três Rios, cruzando a bela Ponte das Garças, outrora da Cia. União e Indústria. A estação foi fechada em 1965, com a supressão do trecho. Desta estação saía o ramal para São José do Rio Preto. A estação de Areal está em estado muito ruim, ruindo aos poucos, embora haja planos para sua recuperação.
Localização: Praça Duque de Caxias (Ao lado da sede da Prefeitura), Centro, Areal-RJ.
Funcionamento: Não está aberta.

Capela de São Silvestre

Descrição: A capela atual não é a original. Foi construída no local da antiga capela que pertencia ao cemitério da Fazenda São Silvestre, de propriedade do Sargento-Mor José Vieira Afonso. Não existia ainda a Estrada Rio – Bahia, sendo que as edificações da fazenda ficavam no local onde hoje passa a estrada. No lugar da capela ficava a casa-sede da fazenda. A construção de hoje repete o estilo singelo das construções coloniais.
Localização: Estrada Rio Bahia, Km 2,5, Fazenda Velha, Areal-RJ.
Funcionamento: Horários sob consulta. Abertura acompanha o horário das celebrações.

Ponte de Sant’ana

Descrição: Foi construída em 1860 pela Companhia União Indústria, que fez a primeira estrada de rodagem do Brasil conectando Petrópolis a Juiz de Fora. Inicialmente denominada de Ponte de Santana, até a mudança do nome da localidade para Alberto Torres. Sobre o rio Piabanha, esta ponte é enviesada com grandes vigas e grades, com pavimento inferior e contraventement (peças oblíquas). Sua arquitetura faz dela um verdadeiro objeto de arte, elegante e leve. Marco Histórico do rodoviarismo no Brasil.
Localização: Avenida Jorge Luis dos Santos, Alberto Torres, Areal-RJ.
Funcionamento: Permanente.

Prédio Sede da Prefeitura e Câmara Municipal de Areal

Descrição: Em 1897 foi inaugura o Hotel Valladas, propriedade de Manoel D. Valladas. Teve diversos proprietários e terminou seus dias como Hotel Marinho, nome de seu último proprietário. Era um hotel conhecido e visitado por pessoas ilustres. Os Presidentes Dutra e Getúlio Vargas passavam para almoçar em seu restaurante. Prédio de dois andares, com grande salão envidraçado no térreo, onde se encontrava o restaurante. Simples e interiorano, mas bastante simpático com sua fileira de janelas e balcão. Mais tarde o prédio abrigou a Associação Atlética Arealense. Hoje com a instalação da Prefeitura e Câmara Municipal, o prédio teve suas instalações descaracterizadas.
Localização: Praça Duqie de Caxias, 39, Centro, Areal-RJ.
Funcionamento: Horário Comercial.

Túmulo do Sargento Mor

Descrição: Túmulo erguido em homenagem ao Sargento-Mor Jose Vieira Afonso falecido em 26 de janeiro de 1852. O proprietário das terras da Fazenda de São Silvestre do Rio Preto que deram origem à cidade teve seus restos mortais sepultados, ao pé do Cruzeiro, no cemitério que mandara construir em sua fazenda. É um monumento curioso pelo fato do Sargento ter sido enterrado em pé, mas sem sinalização e com uma manutenção precária.
Localização: Cemitério de baixo.
Funcionamento: Horário Comercial.

Usina Hidrelétrica de Piabanha / Usinas da AMPLA

Descrição: A energia que emana de Alberto Torres começou a ser instalada no ano de 1905, numa faixa de terra nas duas margens do rio Piabanha, incluindo as quedas d’água. No ano seguinte, o governo fluminense autorizava a Guinle a construir uma usina no local. Em 16 de abril de 1909 houve a cerimônia de inauguração, cujo evento contou com a presença do então presidente da República, Dr. Afonso Augusto Moreira Penna. Contudo, embora produtora de energia elétrica, somente em 21 de setembro de 1924 Areal passou contar com esse melhoramento. Em 1909, a Guinle e Cia. Foi sucedida pela Companhia Brasileira de Energia Electra. O local é bucólico, e possui bela vista externa.
Localização: Avenida Jorge Luís dos Santos, 816, Alberto Torres, Areal-RJ.
Funcionamento: Acesso permitido através de agendamento prévio.

Vila Alberto Torres

Descrição: Não se sabe ao certo quando e por que a vila passou a homenagear Alberto Torres (Presidente/Governador do Estado do Rio de Janeiro entre os anos de 1897 e 1900). A vila surgiu com a vinda de engenheiros e técnicos que vieram para instalar a estação geradora da Usina Alberto Torres da companhia Guinle & CIA. – representantes únicos no Brasil de várias casas americanas e européias fornecedora de material elétrico. Esta empresa com certeza construiu cerca de 95% das instalações geradoras de energia elétrica, quer hidráulicas, quer por meio de vapor, existentes no Brasil daquela época. Trata-se de um local aprazível para um passeio por suas ruas arborizadas e casas com jardins bem cuidados.
Localização: Avenida Jorge Luis dos Santos, Alberto Torres, Areal-RJ.
Funcionamento: Permanente.